O mundo é uma bola


Mais uma vez deu Nacional

Com um gol do atacante Borja (foto: Portal Terra), o Atlético Nacional da Colômbia venceu o Independiente Del Valle, do Equador, e conquistou o segundo título da Libertadores da história da equipe colombiana. Na primeira vez que a equipe de Medellín venceu o torneio em 1989, o Olimpia do Paraguai ficou com o vice-campeonato.

Carrasco do SP decide de novo, e Atlético Nacional é campeão Foto: EFE

Naquela ocasião, os destaques do time eram o goleiro Higuita e o atacante Asprilla, enquanto que no elenco atual a principal estrela é o atacante Borja, que já despertou o interesse ao Vasco e talvez possa deixar o time. Depois de vencer a Libertadores em 1989 a equipe foi derrotada pelo Milan na decisão do Mundial Interclubes.

Neste ano, o adversário do Mundial pode ser o Real Madrid, mas antes o time colombiano terá que jogar contra uma equipe da África ou da Ásia para depois enfrentar o time espanhol. Para inspirar os comandados de Reinaldo Rueda, o Once Caldas, também da Colômbia, por muito pouco não tirou o título mundial do Porto de Portugal.

Em 2004, a equipe portuguesa só derrotou o Once Caldas nas cobranças de pênaltis pelo placar de 8x7. Curiosamente, aquela partida também foi disputada no Japão, que será o palco do torneio deste ano.

Qual a chance do Atlético Nacional ser campeão do mundo no final do ano na sua opinião?



 Escrito por DEDA - André Dutra às 07h55 [] [envie esta mensagem] []






O mesmo 'pesadelo' de novo

Depois de perder o colombiano Juan Carlos Osorio para o México, o São Paulo se assusta com a possibilidade de ver o argentino Edgardo Bauza (foto: globoesporte.com) ir para a seleção da Argentina, que demitiu Tata Martino do comando da seleção nacional depois da Copa América Centenário. Sempre que é perguntado sobre o tema, Bauza afirma que foi apenas consultado e que não existe nada de oficial ou alguma proposta para contratá-lo.

Em uma recente entrevista na Argentina, o técnico afirmou que seria um desafio "muito lindo" assumir a seleção, mas que ele foi procurado apenas a título de conhecimento da Associação de Futebol da Argentina e que ele não sabe em quanto tempo os argentinos definirão o novo técnico. Enquanto o antecessor Osorio deixou o time brigado com alguns diretores, Bauza parece estar em sintonia com eles, e recusou recentemente um convite do Paraguai e outro da Costa Rica para assumir as seleções destes países.

Caso Bauza realmente acerte com a seleção da Argentina, o São Paulo teria duas opções imediatas: Pintado, que trabalha na comissão técnica, ou André Jardine, técnico do sub-20, antes de decidir se contrataria um novo comandante para o cargo de técnico do time ou efetivaria um dos dois. Mesmo assim, o favorito para assumir a Argentina é Miguel Ángel Russo, que está sem clube, o que facilitaria a negociação.

Bauza ainda lembrou que o São Paulo perdeu quatro jogadores de ataque (Calleri, Ganso, Kardec e Rogério) e que ele espera que outros três reforços ainda sejam contratados pela diretoria do São Paulo em breve para reforçar o setor do time, que volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro no dia 31 de julho, contra a Chapecoense em casa. O técnico argentino poderá contar com o retorno do volante Hudson para este jogo, uma vez que o jogador já cumpriu a suspensão dele na partida contra o Grêmio.

Qual a chance de Edgardo Bauza assumir o comando da Argentina na sua opinião?



 Escrito por DEDA - André Dutra às 07h53 [] [envie esta mensagem] []






E deu a louca no mundo

Com os recentes conflitos que acontecem na Turquia, em função dos curdos que reivindicam a criação de um Estado independente, muitos jogadores que atuam por lá decidiram deixar o país e um deles foi o centroavante alemão Gomez (foto: globoesporte.com), que defendia o Besiktas e sinalizou que não ficará na equipe alvinegra de Istambul, apesar de dizer que não gostaria de deixar o time e que pode até voltar a atuar pelo clube em breve. Outro jogador que deixou a Turquia foi o meia Diego, que foi contratado pelo rival Fenerbahçe em 2014 e neste assinou com o Flamengo, que o apresentou nesta semana.

Diego retornará para a Turquia onde acertará as últimas pendências da rescisão com o Fenerbahçe e pode estrear pelo Flamengo já na 17a rodada do Campeonato Brasileiro deste ano contra o Coritiba, no jogo que será disputado na capital paranaense no dia 31 de julho. Fora dos gramados, o ex-goleiro Taffarel, que era preparador de goleiros do Galatasaray há cinco anos, também decidiu que irá deixar o país em função do que acontece atualmente, mas Taffo (como os turcos chamam o ex-goleiro) garantiu que talvez possa voltar em breve para a Turquia.

Se na Turquia é a situação fora dos gramados que tem preocupado os jogadores para que eles deixem o país, na China o número máximo de jogadores estrangeiros permitidos por clube pela liga afeta diretamente o presente e o futuro de Jô e Diego Tardelli, que já sinalizaram que pretendem ir para a Europa, o 'mundo árabe' (ir para o Qatar ou Emirados Árabes) ou até mesmo voltarem para o Brasil (em último caso) depois que os respectivos clubes onde eles atuam (o Shandong Luneng e o Jiangsu Suning) contrataram o italiano Pellè e o colombiano Roger Martínez. O mercado europeu segue aberto até o fim de agosto, enquanto clubes de Qatar e Arábia Saudita poderão contratar até o dia 22 de setembro.

Diego Tardelli e Jô aguardam uma posição dos clubes chineses para poderem saber onde eles irão atuar ainda neste ano, mas Tardelli tem contrato com o Shandong Luneng até 2019 e não poderá jogar o Campeonato Chinês porque não foi inscrito, enquanto que Jô tem contrato com o time chinês onde ele atua até o dia 31 de dezembro deste ano. Diego Tardelli afirma ter propostas de Atlético Mineiro e São Paulo enquanto que Jô não recebeu propostas e segue nos treinamentos com o time B do Jiangsu Suning.

Quais seriam as soluções possíveis para os problemas dos jogadores que atuam na Turquia e na China na sua opinião?



 Escrito por DEDA - André Dutra às 07h21 [] [envie esta mensagem] []






Quando as armas lusas vencem a legião de franceses

Depois de perder a Eurocopa em casa há 12 anos, na final contra a Grécia, quando o craque Cristiano Ronaldo ainda não tinha o destaque de atualmente, Portugal (foto: sapo.desporto.pt) deu a volta por cima contra a França e venceu os franceses no Stade de France. O atacante Éder marcou o gol do título na prorrogação e garantiu os portugueses na Copa das Confederações, que será disputada na Rússia no ano que vem.

Com três empates na primeira fase e apenas uma vitória na segunda fase, os comandados do técnico Fernando Santos se superaram e conseguiram chegar na final depois de passar pela Croácia na prorrogação nas oitavas, pela Polônia nos pênaltis nas quartas de final e por País de Gales nas semifinais, com uma vitória de 2x0 no tempo normal. Na final contra a França, os portugueses perderam o craque Cristiano Ronaldo, que se tornou um motivador para os demais companheiros durante toda a prorrogação na final.

Possivelmente, Cristiano Ronaldo deve ser um dos finalistas do prêmio de Melhor Jogador do Ano da FIFA deste ano, e o craque aproveitou o título da Eurocopa para desabafar que ele queria mais uma chance depois da derrota contra os gregos no torneio de 2004. Muitos jornalistas brasileiros lembraram da final da Copa do Mundo de 98 entre Brasil e França antes do jogo dos portugueses, mas a única semelhança com aquele jogo foi o hino da Marselhesa cantado pela torcida francesa nas arquibancadas.

Diferente dos torcedores brasileiros na final da Copa do Mundo, os portugueses não deixaram por menos e respondiam os franceses entoando o hino português de Ode às armas, mesmo com um número bem menor de lusos nas arquibancadas do Stade de France, em Saint Denis. Curiosamente, o melhor jogador em campo na final foi o zagueiro brasileiro Pepe, que é naturalizado português e se tornou um dos poucos jogadores do país a disputarem e vencerem a Eurocopa, que em 2020 será disputada em várias cidades da Europa sem um país definido.

Quais os principais seleções candidatas a vencer a próxima Eurocopa na sua opinião?



 Escrito por DEDA - André Dutra às 07h33 [] [envie esta mensagem] []






Na esperança de um milagre

Com o desfalque do zagueiro Maicon, que foi expulso (foto: globoesporte.com) no jogo contra o Atlético Nacional da Colômbia, o time paulista tentará uma virada quase inédita na segunda partida, que será disputada na Colômbia. O técnico argentino Edgardo Bauza comentou que o lance foi equivocado e que Maicon não merecia ser expulso.

Maicon São Paulo Atlético Nacional (Foto: Marcos Ribolli)

O próprio zagueiro comentou que também achou que a expulsão foi exagerada, e aproveitou para pedir desculpas aos torcedores pelo ocorrido. Nas redes sociais, os próprios torcedores ficaram divididos, enquanto alguns apoiaram o zagueiro, outros criticaram severamente.

Perguntado sobre o jogo na Colômbia, o técnico Edgardo Bauza comentou que o São Paulo irá até Medellín com a ilusão de que pode virar o placar adverso de 2x0. O técnico argentino ainda destacou que seria importante marcar o primeiro gol logo na segunda partida porque isso faria o Atlético Nacional se abrir em casa.

Com a expulsão de Maicon no Morumbi, Lugano deve retornar ao time para o jogo fora de casa, em que o São Paulo tentará reverter a vantagem de dois gols dos colombianos para chegar à final do torneio deste ano. Para os torcedores mais supersticiosos, uma das últimas vezes em que o São Paulo venceu por dois gols de diferença fora de casa foi exatamente na Colômbia. No torneio de 2009 o time que era comandado por Muricy Ramalho venceu o América de Cali por 3x1.

Qual a chance do São Paulo vencer o jogo fora de casa e chegar à final da Libertadores na sua opinião?



 Escrito por DEDA - André Dutra às 09h53 [] [envie esta mensagem] []






Um aguardado reencontro

Depois de se enfrentarem nas quartas de final da última Copa do Mundo (foto: www.zimbio.com) disputada no Brasil há dois anos, que os alemães venceram os franceses por 1x0 na partida disputada no Maracanã, com o gol do zagueiro Hummels, França e Alemanha agora decidem uma vaga na final da Eurocopa deste ano, realizada na França, que terá a decisão do torneio jogada no Stade de France em Saint Denis, no dia 10 de julho. Na outra semifinal estão Portugal e País de Gales, que buscam o título inédito do torneio, ainda que os portugueses tenham um vice-campeonato em 2004, quando perderam em casa para a surpreendente Grécia.

France v Germany: Quarter Final - 2014 FIFA World Cup Brazil

Enquanto a França segue em busca do terceiro título europeu, depois de vencer nos anos de 84 contra a Espanha em casa e 2000 diante da Itália na final disputada na Holanda, os alemães tentam chegar ao tetracampeonato da competição, porque venceram o torneio nos anos de 72 ao derrotar a então União Soviética na Bélgica, 80 (quando venceram a Bélgica na Euro da Itália) e 96 (ao se sagrarem campeões contra a República Tcheca na Inglaterra). O jogo entre França e Alemanha será em Marselha, no mesmo Vélodrome onde os franceses derrotaram Portugal em 84, e a outra semifinal será disputada em Lyon.

O artilheiro Gomez (que marcou duas vezes na Euro) é esperança de gols dos alemães para chegar à mais uma final, mas a equipe de Löw terá que lidar com a artilharia pesada dos franceses, que contam com os gols de Griezmann (o artilheiro do torneio com quatro gols) e também de Payet e Giroud, ambos com três gols marcados no torneio. Enquanto isso, os portugueses devem ter atenção com o meia galês Bale, que anotou três gols na competição e é o principal destaque da equipe galesa, mas os comandados de Fernando Santos contam com os gols do meia Nani, que já balançou a rede duas vezes no torneio.

O campeão da Eurocopa garante vaga na Copa das Confederações do ano que vem, disputada em junho na Rússia. Mas se a Alemanha vencer o torneio, o representante europeu será a seleção vice-campeã da Euro, porque os alemães já estão classificados por terem vencido a Copa do Mundo de 2014.

Quais serão os finalistas da Eurocopa deste ano na sua opinião?



 Escrito por DEDA - André Dutra às 08h30 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 


 
 




Revista Placar
BOL - E-mail grátis
UOL - O melhor conteúdo
A semana de Ibitinga
VaiCorrendo.com (Rafael Gonçalves e Tiago Tibério)
Futebol em números (Rodolfo Rodrigues)
Bundesliga (futebol alemão por Gerd Wenzel)
Blog do PVC (Paulo Vinícius Coelho)
Hitchcock Brasil (Tiago Di Tullio)
Blog do Abilio Diniz
 
 

Dê uma nota para meu blog

 
UOL